Pensamentos, idéias, histórias... Nathalhices!

Minhas aventuras pela Terra Santa!

sábado, maio 20, 2006

To indo!


Uma musica que esta bombando aqui tem TUDO a ver com a mais nova confusao mental pela qual estou passando. Acho que vale a pena tentar traduzir, pelo menos as partes interessantes, pra voces entenderem meu dilema. Fui aceita pro mestrado em Jerusalem, Relacoes Internacionais, e em Tel Aviv, pra Ciencias Politicas com enfase em Diplomacia. Leiam agora a musica, na mais livre das traducoes, by me. Se chama Hine ani ba, que significa `Olha, to indo`, do grupo israelense Hadag Nachash (que sao otimos, por sinal). Os parentesis sao as minhas humildes explicacoes...

Jerusalem
Cidade que vale uma explosao
(olha o trocadilho, hehehe)
Ando pela avenida e me sinto num kibutz galuiot (lugar cheio de misturas)
Mil culturas, pra cada um nove irmas (as pencas de filhos dos religiosos)
Os arabes, tudo bem, os ultra religiosos no quarto (rezando)
...
Os amigos mudaram de cidade ou se aproximaram do criador (viraram religiosos)
Cinza, entediante, nao tem praia
Levei tres anos pra tomar a decisao

Arrumei as malas e desci em direcao a

Tel Aviv (olha eu to indo)
Vim suar (olha eu to indo)
Voce eh unica eu juro

Desci em direcao a praia
Que choque estou proximo a levar
E agora que eu estou finalmente em Tel Aviv
Aprecio vista, tudo eh fresco, isso eh bom
Ai, quantos peitos, me queimaram os olhos

Depois de dois anos de Sodoma e Gamorra (lembram da biblia?)
Eu nao me reconheco no espelho
...
E agora que eu sou in eu entendo
Quanto barulho, poluicao
Todo dia se gasta na paz
(o povo paz e amor, GLS de Tel Aviv)
O aluguel nas alturas, que loucura
E de repente me caiu a ficha
Eu tinha o paraiso nas maos
...
Vou colocar os pecados na mala e sair em direcao a

Jerusalem (olha eu to indo)
To voltando pra voce (olha eu to indo)
Pras suas muralhas (olha eu to indo)
Voce eh unica eu juro


Voltei pra Jerusalem, aqui tem o melhor Humus, isso eh certo
Me da sossego, silencio
Quando foi a ultima vez que eu coloquei um bilhete no Muro das Lamentacoes,
Investi em comida,
Fiz novos amigos
Essa cidade me devolve o controle sobre a minha vida
...
O que vale eh sermos felizes

Bom, nao imaginava que a traducao ia ficar tao pior. Mas pela musica voces podem perceber a diferenca entre as duas cidades. Dois mundos opostos. Quero ver agora quem sabe o que mais combina comigo! ;)
Na foto, os loucos da banda.
Ah! Pra quem vive me dizendo `passei no seu blog` e nunca deixa recado, eh a hora!

4 Comments:

Anonymous amigo do sul said...

tel aviv o yerushalaim, ze tamid kashe? mi iodea, ulai eloim.

8:45 AM  
Anonymous Luis Wolf said...

Quero mais novidades no seu blog! Passo por aqui dia sim, dia não!

9:45 PM  
Anonymous Tamara Sender said...

Olá, Nathalia! Descobri seu blog por caso (talvez pelo orkut)... Resolvi comentar este post porque me identifiquei muito com essa canção que você traduziu. Não moro em Israel e, por isso, minha opinião talvez seja leviana, mas na última vez em que estive por aí (em março), Tel Aviv me incomodou um pouco e Jerusalém me seduziu completamente. Para mim são cidades quase incomparáveis. Tel Aviv é uma mistura desagradável de Ipanema e Buenos Aires, com um quê de artificialidade; enquanto Jerusalém é a cidade mais autêntica do mundo, explosiva, mágica, peculiar. Especial!

2:10 AM  
Anonymous Eduardo said...

O Gabo me mandou pra cá... Como gosto do Dag Nachash, resolvi checar a tradução!

4:04 AM  

Postar um comentário

<< Home