Pensamentos, idéias, histórias... Nathalhices!

Minhas aventuras pela Terra Santa!

domingo, abril 08, 2007

Extra! Extra!

Nao, amigos, nao pararam de acontecer coisas incriveis na minha vida, podem ficar tranquilos. Eu to simplesmente correndo contra o tempo pra estudar para a "segunda chamada" de uma prova mega importante da faculdade. Depois disso, pretendo regularizar a atualizacao do blog.
Ta tudo anotado no caderninho.

Hoje eu resolvi abrir uma excecao e contar o que acabou de me acontecer...

1:45 am de ontem. Toca o meu celular, um numero desconhecido. Simplesmente ignorei a chamada e continuei a dormir. Depois do quinto telefonema, comecei a achar estranho - e tambem estava dificil de ignorar. Atendi.

- Hey...
- Quem eh???
- "Quem eh???"
- NAO ACREDITO!
- Voce ta em casa?
-Sim, ne, to dormindo.
- Sozinha?
- Aham.
- To indo prai.

Quem mais tinha o habito de me ligar no meio da noite? O Sujinho!!! Fala serio! Esse mesmo, o amigo do menino do bilhete, com quem eu sai um tempo, o que tinha namorada, por quem eu chrei na despedida, quase fiz loucura e me mandei quando ele foi morar em Londres...

Ele chegou aqui em casa com um amigo, Omri. Quando fomos apresentados, no escuro do corredor, nao nos demos conta de que ja nos conheciamos de aventuras passadas...

Meu passado me condena PESO! Alem disso, a historia com esse Omri (po, ja faz mais de um ano) tem a ver com a historia do menino que trabalhava com ele, que depois eu descobri que tinha 17 anos, descobri um pouco tarde... E eh o irmao mais novo de outro amigo do Sujinho e do Omri. Complicado? Acreditem, essa parte eh melhor nao entender...

Ele chegou aqui em casa e, como sempre fazia, comecou a abrir os armarios, ver as fotos... E disse pra eu me vestir pq a gente ia sair. O Omri nos deixou na casa dele, la pegamos o carro e saimos. As tres da manha eu estava num pub no centro da cidade numa mesa com mais uns 10 amigos dele. Ele todo me exibindo, sabem? Bom, a verdade eh que eu bem sentia falta, quando estava com ele, de poder sair de maos dadas, beijar em publico... E pude fazer tudo isso ontem.

No carro, a caminho da minha casa, eu percebi que ele estava triste. Me contou que veio pra Israel porque ontem foi aniversario da ex dele. A mesma ex que me ligou ha nao muito tempo atras, com quem ele namorou 4 anos. Ele chegou e a pegou com um amigo dele aos beijos num bar.

Ele me disse entao que tinha que ligar pra ela naquela hora. Eu disse pra ele me deixar em casa e depois fazer o que quisesse. Chegando na minha rua, ele estacionou o carro.
- Voce nao vai ficar comigo, eu disse pra ele. Me da um beijo de boa noite e tchau.
- Babe...
- Tudo bem, vou sem beijo.

Sai do carro e vim pra casa. Coloquei pijama, acendi um cigarro, e as ligacoes comecaram. Ele me ligou 15 vezes, e eu nao atendi nenhuma.

Quando o telefone finalmente parou de tocar, recebi uma mensagem de texto "Estou na sua janela". Eu levantei da cama e fechei a janela.

Ele mandou outra mensagem, dizendo que precisava se explicar. Deixei ele entrar e disse que ele tinha 5 minutos. Ele ficou 5 minutos calado. Eu disse que o tempo acabou e que ele precisava ir.

Mas quando eu vi ele saindo me deu um aperto no coracao... Eu tava morrendo de saudades! E bem percebi a "velocidade" com que ele caminhava em direcao a porta, hehehe... Como quem estivesse esperando que eu o pedisse pra voltar. Me conhece, o safado.

Eu pedi, ne. Ele disse "Voce sabe que eu posso passar por isso sozinho, mas eu queria estar com voce".

Ele nao precisa de muito pra me comprar. Sentamos e conversamos direito. Durante a conversa, ele me disse que a namorada dele descobriu mesmo sobre nos dois, e por isso a confusao toda, que ele foi pra Londres porque sabia que a relacao dele com ela ja nao era saudavel (porque ele estava comigo tambem...) mas nao conseguia se afastar e que ainda nao conseguiu esquecer ela.

Ele eh sempre tao sorridente, tao confiante de si mesmo, sempre aquele com uma tirada incrivel, aquele que eh centro das atencoes entre os amigos... E ontem ele tava com uma carinha tao triste, perdido...

Eu tentei consola-lo, mas tambem expliquei que ele nao podia entrar e sair assim da minha vida. Perguntou se eu realmente queria que ele fosse embora.

Fala serio. Ficamos grudados a noite inteira.
Hoje, quando o acompanhei ate a porta, eu disse "So na quarta feira voce nao pode fazer isso, tenho prova na quinta de manha". Ele riu, me abracou e foi embora.
Vai ficar aqui em Israel ate o dia 16.
Aguardem os proximos capitulos...

7 Comments:

Blogger prismaa said...

beijo*

1:40 PM  
Blogger gisele said...

Noossa Nathy! Pra você ver como o mundo dá voltas... Mas cuidados amiga!! Cuida de você, só você pode fazer isso hein! Boa sorte! Beijos, Gi

4:17 PM  
Blogger  said...

ADOREI... mas fica com o pé no freio e a mão no freio de mão. Qualquer coisa, breca esse sujinho...

Se ele te magoar, vou aí dar um banho nele. Risos

3:59 PM  
Anonymous Lia said...

ish... homens? confiar?! rs
concordo com a gi: "cuidado!".
(mas não deixa de se divertir, né? hehe)
beijo grande

5:44 PM  
Anonymous Anônimo said...

Nathy!! Nao acreditei!! O Sujinho ta ai!!!
Uf...queria ta ai pra saber mais detalhes...Entao ela sabia de tudo mesmo, ne? Coitada da menina...(consigo imaginar voce dizendo: coitada nada!!! :)
Saudades de voce menina...
Beijao com muito carinho!
PS: Quando tiver um tempo me manda um email ou me liga!Quero saber as novidades!! Quando vai trabalhar de noite? Eu te ligo!
Mariana

7:03 AM  
Blogger Marcela said...

Nathy

Achei seu blog sem querer procurando sobre uma escola de samba de tel aviv. Estou lendo suas nathalices e achando o máximo. Eu tenho um amor virtual que é de eilat. acho que essa cidade é o paraíso. só tem homens lindos. os amigos dele sao o máximo tb! me sonho era ir pra aí.. bem, agora ele está namorando alguem e ainda me contou q vai pra miami. Minha novela é muito mais lenta que a sua, mas eu sei que um dia vou pegar esse homem no laço! ele vai ser meu! heheh

te desejo muito boa sorte. quem sabe quando eu for pra israel a gente nao se encontre! :)
Tenho amigos em haifa, jerusalem e tel aviv...

neshikot
marcela - rio de janeiro

12:30 PM  
Blogger r a c h e l said...

olha nathy, não te conheço e vim dar com os costados aqui totalmente por acaso. mas sabe o que é, homem não valoriza mulher band-aid. sugiro que o mande pra uma enfermaria e só o aceite de volta quando chegar são. a não ser que você queira ser jogada fora quando sair a cola.
já passei por isso, não tô fazendo pouco não. é difícil... mas o grande lance é a gente se contentar com menos do que merece. eu não mereço ser um simples band-aid, eu sou tudo de bom, e você também é, só falta acreditar nisto!
bjs e boa estadia e boa sorte. :*)

5:51 PM  

Postar um comentário

<< Home